Quem me conhece sabe como sou fã do “Blue Bomber” da Capcom ou, como todos conhecem, Mega Man. Já são mais de 30 anos conhecendo esse simpático personagem e suas aventuras, mas por trás desse carinho e jogos que me acompanham todo esse tempo… existe a história de como conheci Mega Man e como inicialmente não chegava nem a passar metade de uma fase nos jogos dele. Então, bora lá contar a Minha MEGA história com MEGA MAN.

Os Anos 90 e a Locadora Eletrônica (High Tech Eletrônica)


..Nintendo 8 Bits

Antes de começar falando do Mega Man tenho que voltar exatamente para os anos entre 1989-1990. Eu morava lá em Santos e tinha exatamente 8 anos. Nessa época meu irmão tinha ganhado um Nintendinho 8 bits dos meus pais, que compraram de um muambeiro do Paraguai e que por vezes passava no meu prédio vendendo seus produtos em uma sacola gigante. Meu irmão tinha 12 anos (4 anos mais velho que euz!) e estava engajado em videogames daquela época como o Atari, Odyssey e Nintendinho. Mas o Nintendinho, como todos nós sabemos, era outro patamar em relação aos jogos de Atari e cia e isso fez com que ele ficasse alucinado pelo console e começar a alugar jogos.

Existiam várias locadoras perto de onde morávamos, mas a principal naquela época era um locadora (que não era bem uma locadora e você vai entender!) chamada “Eletrônica(André amigo meu acabou de atualizar a informação – ela se chamava “HIGH TECH Eletrônica” – ele alugava jogos lá também). Sim, na verdade era um loja de manutenção de TVs, rádios e outros aparelhos eletrônicos, mas o dono resolveu de algum modo investir em jogos para locação e principalmente os de Nintendo 8 bits. A locação era algo bem precário, não existiam prateleiras com os jogos para você olhar, capas ou qualquer outra coisa… era uma lista de jogos escrita à mão grudada com durex na parede e com os nomes dos jogos e um número do lado. Exemplo – Super Mario 3 – nº1,  Tartaruga Ninja 2 – Nº2, Simpsons – Nº 3 e assim por diante.

Onde ficava a Locadora “Eletrônica”

Você simplesmente olhava o nome e falava o número para o dono ir buscar os jogos lá no fundo da loja. E vou dizer que os jogos de Nintendo lá eram todos PIRATAS, com destaque para a capa bizarra de Tartarugas Ninjas 2 e tantos outros jogos. E foi assim que meu irmão acabou conhecendo vários jogos como Tartarugas Ninjas 2, Bart Vs Space Mutants, Super Mario Bros 3 etc. E numa dessas buscas por jogos meu irmão acabou pegando um jogo que estava “bombando” em revistas de games (sim eles compravam revistas de videogame!) chamado Mega Man.

Cartucho de Megaman 3


As Lendas dos Garotos do NES


Existia uma mística sobre os jogos do Mega Man naquela época e isso ocorria em qualquer rodinha de conversa gamer da minha cidade: – “Megaman é um jogo super difícil e somente os mais habilidosos conseguem terminar!“. Era assim mesmo que a conversa começava! Como Battletoads e outros, os gamers que terminavam esses jogos realmente eram considerados os “feras“. Em uma época onde você podia mandar sua pontuação para aparecer nas revistas, ter seu nome em primeiro lugar na pontuação de jogos, terminar jogos difíceis era algo que fazia a imaginação dessas crianças voar em ser reconhecido no bairro ou cidade, ser o “chefe” do grupo de amigos, ter acesso aos jogos lançamentos primeiro na locadora, ser convocado para uma batalha espacial igual ao filme “Starfighter”… Esses eram os sonhos dos garotos gamers daquela época.

.Ser o ‘Maioral do Games”

Só que terminar certos jogos era como uma lenda urbana. Simplesmente todos ouviam e falavam que alguém terminou determinado jogo, mas ninguém conhecia ou o apresentava pessoalmente. Ouvi várias história de “amigo-primo-do-tio” que conseguiu terminar Battletoads ou “ciclano-tio-vizinho-primo” que chegou no final de Contra e assim por diante. E com Mega Man não era diferente! Meu irmão alugou Megaman 3 e me recordo que ele tentou de todas as maneiras terminar ou chegar longe no jogo. Até fiquei impressionado onde ele conseguiu chegar, mas me lembro que a fase do Snake Man o fez desistir do game (não sabíamos a tática de usar as armas certas para matar os chefes!).

Mais próximo do meu irmão


E essa é a lembrança mais antiga de Mega Man que tenho até hoje: – “A fase do Snake Man em Megaman 3 com meu irmão jogando”.

.Fase do Snake Man em Mega Man 3

Nas conversas com os amigos gamers!


E claro que nas conversas com os amigos gamers o meu irmão comentava com orgulho que tinha passado algumas fases do Mega Man, mas infelizmente não conseguiu passar a fase do Snake Man. Todos a sua volta ficaram impressionados. 

Amigos na rua conversando sobre games!

Sabendo disso e essa fama que Mega Man dava aos jogadores, acabei alugando algumas vezes o game, mas  em nenhuma das vezes em que joguei fui longe ou tão longe como meu irmão. Mesmo assim o personagem azul me encantava de algum modo. Vê-lo em capas de revistas, o Rush, Dr. Willy e ficar imaginando como era o final do game… alimentava minha imaginação. Eu até ganhei dos meus pais algumas revistas com o Mega Man na capa. Eram elas a Videogame Nº 2 e  a CineVideo Guia Games. Se tinha algo que meus pais sabiam naquela época era o que eu gostava. Eu não precisava falar nada, eles sabiam pelo meu olhar o que gostava porque quando o assunto era Mega Man meus olhos brilhavam.

 

Revista Videogame Nº 2 – Capa Mega Man

 

Cine Video – GuiaGames

Os anos foram passando e Mega Man continuava em evidência. Megaman 4, 5 e 6bombavam” nas locadoras e a mística de que quem conseguia fechá-lo se tornava o “maioral dos games” só aumentava. Nesse tempo ganhei um Master System e um Super Nintendo e, de algum modo, o assunto Mega Man ficou meio de lado em um cantinho só esperando voltar.

E de repente Mega Man volta! 


Os anos passaram, quando de repente chego em uma banca e vejo uma  revista Ação Games falando sobre um “novo Megaman” e que se chamava “Mega Man X“. E para quem sabe a série X é uma vertente que se passa em um “futuro mais futuro” que o Mega Man clássico. Comprei a revista e me liguei na notícia, mas acabei deixando o jogo de lado, novamente por algum motivo que não lembro, mas algo aconteceu logo em seguida.

Ação Games com Mega Man X na Capa

Só que foi aí que a história começa a mudar complemente. Era 1995 e lá estava euzinho com jogos de Super Nintendo na minha casa e por algum motivo que não lembro peguei emprestado com um amigo o Mega Man 7. Sim, o Mega Man clássico tinha sido lançado para Super Nintendo no ano de 1995 e eu não sabia. Era um cartuchinho pirata, mas com uma capa super simpática. E passando por cima de todas as minhas ideias sobre os Mega Man anteriores, acabei indo jogar e dar uma nova chance ao jogo do azulzinho da Capcom. E nisso a minha história com Mega Man mudou COMPLETAMENTE.

Ivo jogando Mega Man em 1995

Mega Man e Megaman 7 no meu coração!


Megaman 7

Lá estava euzinho ligando o Mega Man 7 no Snes e indo jogar. O impacto de ver aquilo encheu meus olhos. Os gráficos eram diferentes dos de NES, mais coloridos, mais bonitos, com abertura e músicas sensacionais. Me lembro que meus pais estavam saindo para passear, meu irmão também tinha saído e eu fiquei em casa sozinho jogando Mega Man 7. E foi impressionante! Quando percebi já tinha passado horas e meus pais estavam abrindo a porta e estavam de volta. Eu tinha ficado apaixonado por esse novo Mega Man.

De alguma forma tive que reaprender a jogar Mega Man (estava enferrujado em jogos do MM!), mas a experiência em outros jogos e anos de games depois da versão NES (que joguei com meu irmão!) me ajudou muito. Finalmente havia aprendido os esquemas e como usar as armas certas nos chefes. Foi na tentativa e erro mesmo, mas agora havia entendido por que não passava de certos chefes na versão de NES. Cada chefe que você derrotava, ganhava uma arma que era utilizada para derrotar outro chefe… e nessa hora minha “mente tinha explodido“. Aqueles Mega Man´s de NES eram difíceis (mais difíceis ainda!) porque justamente não sabíamos disso (eu, meu irmão e amigos!). Você pode achar que isso é besteira hoje, mas naquela época as informações eram coisas raras, ter revistas de games também e além de tudo eu morava em um cidade pequena do litoral de São Paulo… e lá era um dos últimos locais em que as informações de games chegavam.

Mas continuando a jogar, com o tempo fui descobrindo mais coisas. O “E-Tanks” que enchem sua vida em horas de aperto, a “Dash” do Mega Man, as aparições do Proto Man e como ganhar seu escudo, a lojinha de vendas de itens, o “Rush Jet“, o “Rush Jump” e por último a armadura do “Rush” chamada “Rush Jet Adaptor”

Eu não tinha ideia do que eram aquelas letrinhas nas fases, mas de algum modo sabia que tinha que formar a palavra “RUSH” para ganhar algo. Eu consegui 3 delas, mas a última era a mais difícil e fiquei um bom tempo procurando. O jogo era todo em japonês e isso dificultava qualquer dica que eles pudessem dar. Acabei até achando o “Beat“, que é um passarinho que te ajuda caso caia em algum buraco. Foi outra descoberta sensacional porque você interagia com o cenário… você tinha que usar a  arma de fogo em um árvore para queimá-la e descobrir uma escada que levava até ele. E depois de muita procura… lá estava euzinho com a “Rush Jet Adaptor”

A cada segredo descoberto em Mega Man 7 o jogo se tornava mais fantástico para mim. Os chefes eram todos simpáticos. Cada um com uma característica própria e marcante que fazia total sentido na época. E assim, Mega Man 7 me cativou absurdamente a ponto de finalmente fazer terminar meu primeiro jogo do Mega Man. Eu não vou “destrinchar” Mega Man 7 e suas qualidades (e defeitos também!) porque logo em seguida a esse post, quero fazer um review levantando tudo desse game. Para muitos ele passou despercebido justamente porque o Mega Man X foi lançado antes e isso o ofuscou um pouco, mas Mega Man 7 tem seus méritos e você percebe que foi um jogo feito com total carinho por sua equipe (isso fica para o review em breve!).
.
.

Mega Man no SBT na mesma época


E, para me deixar ainda mais maluco, nessa mesma época que eu jogava o Mega Man 7 o desenho dele estreava no SBT aos sábados. Não tinha como não ficar empolgado! Tudo bem que o desenho era americano e não tinha a qualidade de um Street Fighter Victory, mas quem se importava com isso em 1995? Não tem como esquecer a música daquela abertura, né!? 

Voltando a todos os jogos do Mega Man´s


Mega Man 7 foi o impulso que me faltava para redescobrir todos os jogos da série. Desde aquele momento eu comecei a jogar os outros Mega Man´s (principalmente em emuladores!) e, ao mesmo tempo, conhecendo a sua comunidade apaixonada pelo game, entendo por que ele fazia tanto sucesso, descobrindo os criadores por trás da série e gostando cada vez mais do azulzinho da Capcom. Com o tempo a série clássica ficou esquecida e a sequências de Mega Man X foram sendo lançadas, o que no final totalizou 8 jogos (X1,X2,X3,X4,X5,X6,X7 e X8). Por anos (até 2018 na verdade!) eu tinha jogado somente o X1, X2 e X3 do Super Nintendo e os demais ficaram esquecidos. A razão para isso é porque não tive Ps1 e Ps2 no qual foram lançados e só vim a jogar fortemente na coletânea Mega Man X Legacy lançada em 2018 para Ps4. Mas isso fez reacender ainda mais minha paixão por Mega Man que estava até apagadinha nos últimos anos. Inclusive em 2018 foi lançado Megaman 11, que curti muito também.

Conclusão na Buster


É impressionante como Mega Man conseguiu sempre reacender a minha “chama de gamer” durante todos esses anos. Às vezes ele fica aparentemente esquecido, mas de uma hora para outra algo surge e essa “chama” reacende brutalmente dentro de mim. Foi da época do NES até seu primeiro lançamento no SNES, depois nos emuladores revivendo os clássicos de NES, a falta dele no Ps1 e PS2 e voltando na coletânea no Ps4 e assim conhecendo a fundo a série X. E claro que tem muito da minha memória afetiva com Mega Man nesse texto (afinal é minha história com ele, DAW!), mas é impossível não dizer que o jogo continua divertido de jogar até os dias hoje. Não importa se é para quem conhecia ou quem está conhecendo agora… o importante é que  ele continua divertido. Eu ainda tenho que me aventurar na série Zero e NT, mas pelo que vi e li ela vai me surpreender com certeza. Será que ela vai acender ainda mais minha paixão por esse game? Que por sinal já está acessa devido a Mega Man X4 que amei jogar nessa pandemia chata. Tenho certeza que voltarei aqui para falar mais do azulzinho da Capcom.

Então é isso, pessoal! Foi super divertido relembrar de certas histórias e detalhes do Mega Man fazendo esse texto e, se você chegou até aqui lendo, muito obrigado. Grande Abraço! Ivo.

Minha coleção através dos anos


Através dos anos eu tenho colecionado os jogos do Mega Man. Os preços infelizmente deles são absurdos, então tento ao máximo conseguir coisas boas por preços baratos, mas mesmo assim as vezes é difícil. Mas lá são vão mais de 20 anos tentando ter os jogos da série. Abaixo algumas fotos da minha coleção.

View this post on Instagram

Antes de ter minha coleção do Megaman de NES e o X1,X2 e X3 do Snes, acabei comprando essa coletânea do Playstation 2 lá em 2007 junto com um amigo. Me lembro que joguei muito os X1, X2 e X3, mas deixei passar os demais. O legal que nessa coletânea é o Mega Man: Battle & Chase que é um joguinho estilo Mario Kart do Megaman. Bem que poderia ter vindo junto nela o Megaman Legends 1 e 2 (que um dia vou jogar também!). . . Before the my NES Megaman collection and the Snes X1, X2 and X3 collection, I buying this Playstation 2 collection there in 2007 together with a friend. I remember I played the X1, X2 and X3 a lot, but I missed the others. The cool thing about this collection is Mega Man: Battle & Chase, which is a Mario Kart game from Megaman. It could have come with Megaman Legends 1 and 2 (which I will play!). #megaman #capcom #playstation #ps1 #sega #segasaturn #videogame #videogames #videogamer #videogaming #retrogaming #retrogamer #retrogame #retrogames #gaminglife #instagamer #instagaming #gamestagram #gamerlife #gaming #gamer #gameroom #nintendo #videogameaddict #megamanx4 #gamingcommunity

A post shared by Ivo Ornelas (@locadora.resident.ivo) on

View this post on Instagram

Finalmente completei a coleção do Megaman X! Desde 2009 querendo completar ela e finalmente consegui! Agora só falta 1 para completar a coleção do Megaman clássico. . . I finally completed the Megaman X collection! Since 2009 wanting to complete it and finally got it! Now only 1 left to complete the Megaman classic collection. . #meganan #capcom #retrogamer #megamanx #megamanzero #rockman #rockamanx #capcom #drwilly #megamanzero #megamancollection #megmancollector #retrogames #retroplayer #retroplayers #games #megaman11 #rockman11 #keijiInafune #retrocollector #retrocollective #bluebomber #gameroom #gaminglife #gamer #gaming #videogamer #retrogaming #instagaming #videogame

A post shared by Ivo Ornelas (@locadora.resident.ivo) on